Conteúdos sobre Relaxamento e Gravidez

Dor de cabeça na Gravidez

15-jul-10
 
Profa. Ms Gizele Monteiro
 
O site da Dra. Shyrley de Campos apresenta algumas informações que podem orientar as gestantes para os cuidados e o entendimento das razões da dor de cabeça durante a gravidez.
 
enxaquecaA enxaqueca pode se iniciar durante a gravidez. Muitas mulheres passam a apresentar crises de enxaqueca já no primeiro trimestre gestaciona ou imediatamente após o término da gravidez. Entretanto, quase 70% das mulheres com enxaqueca melhoram, isto é, apresentam decréscimo da frequência e intensidade das crises, durante o segundo e terceiro trimestres desta fase de suas vidas.

Durante a gravidez, tratar crises de enxaqueca ou fazer a sua prevenção medicamentosa é sempre um problema. Embora haja medicamentos considerados “seguros” na gravidez, os estudos com eles são baseados em análises passadas de mulheres grávidas que os tomaram até de forma casual. Isso representa que as conclusões observadas não são totalmente confiáveis e até orientação segura em contrário, remédios de quaisquer tipos não devem ser usados durante a gravidez principalmente no primeiro trimestre. Para aquelas mulheres que apresentam crises durante a gravidez recomenda-se repouso recostado no leito, compressas geladas na cabeça e técnicas de relaxamento. Se as crises são frequentes o tratamento preventivo deve ser aventado mas sempre com estrita orientação de médico consciente e que leve em conta os riscos e a necessidade do uso da medicação.

IMPORTANTE
http://www.drashirleydecampos.com.br/noticias/1322
  • Procure o seu médico para diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios.
  • As informações disponíveis no site da Dra. Shirley de Campos possuem apenas caráter educativo

 

A enxaqueca na gravidez

Massagem na Gravidez e Pós-parto – Benefícios

14-abr-10

Profa. Ms Gizele Monteiro

Durante a gravidez muitas das alterações hormomais e posturais podem levar a queixas, dores e desconfortos.

A massagem é uma forma de amenizar esses efeitos negativos e podemos citar vários benefícios para a saúde da gestante.

A massagem pode atuar em muitas queixas da gravidez, como: cefaléia, azia, edema, dores musculares, fadiga, ansiedade e muitas mais. Também aprimora as relações entre gestante e seu parceiro, prepara a grávida para o parto e o pós-parto (Beck-Gallagher, 1997).

Benefícios da Massagem (Brand-James, 2001):

- Facilita o processo psicológico da gestação por aumentar a respiração celular, reduzir o edema, e contribuir para a sedação do sistema nervoso simpático.

- Alivia a sobrecarga nas articulações de suporte de peso e estruturas músculo-fasciais (articulação sacro-íliaca, coluna toraco-lombar, quadris, músculos eretores da espinha).

- Alivia e reduz dores no pescoço e nas costas causadas por postura inapropriada (OU MUDANÇAS POSTURAIS DECORRENTES DO PERÍODO GESTACIONAL), fraqueza muscular e desequilíbrio.

- Provê suporte emocional e físico (particularmente para as mulheres que estão sozinhas nesta etapa).

- Desenvolve a consciência sensorial necessária para o processo do parto cinestesicamente (após o parto, a musculatura das costas, o abdômen e o assoalho pélvico devem relaxar para permitir que o útero trabalhe sem resistência).

- Facilitar o realinhamento estrutural da coluna e pelve no pós-parto e a reabilitação dos músculos abdominais e psoas.

O método Mais Vida Gestantes está com uma nova parceria com o Instituto Nessi, a fim de oferecer nessa área um atendimento de qualidade para a gestante.

Entre em contato e informe-se:

e-mail: contato@metodomaisvida.com.br / Fones (11) 7871.41.62 – 2867.33.07.

Tensão Muscular – como identificar?

22-mar-10

Profa. Ms. Gizele de Assis Monteiro

A tensão muscular pode ser usada como um bom indicador do estresse físico e emocional. Toda tensão psicológica ou física se traduz por um aumento da tensão muscular, que tem como função preparar o corpo para uma situação de defesa. Quando essas situações ultrapassam o limite do organismo suportar o estresse, existe um processo de não recuperação do organismo, produzindo tensão muscular excessiva que terá ainda outros efeitos sobre o funcionamento do corpo.

Essa tensão muscular excessiva é responsável no estado de estresse pelas contrações dolorosas de certos músculos, os quais desenvolvem contraturas, denominadas Pontos-Gatilho ou Pontos Sensíveis (nódulos duros encontrados nos músculos).

Na gravidez muitas mulheres podem ficar ansiosas e desenvolver pontos de tensão e a própria alteração postural pode levar ao aparecimento desses pontos. No Pós-parto a tensão muscular pode também ser gerada pelo falta de sono da mamãe ou situações de depressão pós-parto podem ser acompanhadas por essas dores originadas pelos pontos estruturados.

EFEITOS QUE PODEM ESTAR ASSOCIADOS AO AUMENTO DA TENSÃO

  • má postura: leva ao encurtamento muscular e estes quando forçados a um alongamento podem causar dor local e referida.
  • bruxismo: ranger dos dentes que podem ocorrer pela contração muscular crônica
  • cefaléia de tensão (ou de contração muscular): dores de cabeça que podem ocorrer devido ao aumento da tensão muscular e irritação dos pontos-gatilho.

Exemplo de ponto-gatilho e seu padrão de dor referida.

O ponto-gatilho (X) que produz a dor referida  pode estar associado com a cefaléia (dores de cabeça) de tensão.

O exercício de alongamento é um meio eficaz de atuar nessas situações, pois além de agir diminuindo o stress, pode atuar na musculatura fazendo com que o tecido conjuntivo e a musculatura retornem ao seu comprimento natural. Além dessa ação há também o efeito sobre o tônus muscular, diminuindo-o pela sua ação sobre os órgãos proprioceptores, principalmente quando utilizam-se os exercícios de alongamento.

IMPORTANTE

Para o relaxamento do Ponto sensível:

  • Realize sempre exercícios de alongamento ao final do seu treinamento.
  • A massagem no ponto-gatilho pode ter um resultado excelente tanto para o relaxamento muscular quanto para a postura.
  • A massagem suave pode também ser realizada antes, durante e após o alongamento.

EXERCÍCIO PARA RELAXAMENTO UTILIZANDO UMA BOLINHA

  • Manter a pressão por cerca de 10 segundos. Mover para outra área com ponto de tensão e repetir. Tente por cerca de 5-10 minutos.

LEMBRE-SE

  • Se estiver tenso, relaxe seus ombros e realize exercícios de alongamento movimentando sua cabeça suavemente para os lados e para frente.
  • É importante que se esses sintomas forem persistentes o indivíduo procure um médico.

Durante a gravidez é importante um trabalho direcionado para as alterações posturais e manutenção do estado de relaxamento. Procure um profissional para auxiliá-la.

Alongamento e Tensão Muscular – Entrevista com Gizele Monteiro

26-nov-09

Programa Esporte e Atividade Física  - Entrevista com a Professora Gizele Monteiro

Realização – Phorte TV

 

Vídeo 1


Vídeo 2


Vídeo 3

Vídeo 4

Vídeo 5

Vídeo 6

Tensão Muscular

17-ago-09

Profa. Ms. Gizele de Assis Monteiro

O estresse da vida moderna traz algumas conseqüências ao corpo. Uma delas podemos identificar na própria musculatura. Músculos rígidos e doloridos, dores no corpo, na região do pescoço ou nas costas, dores de cabeça, movimentos com amplitudes limitadas, problemas posturais, bruxismo (ranger de dentes), são algumas conseqüências que podemos relacionar ao aumento da tensão muscular.

Por essas razões, a tensão muscular pode ser usada como um bom indicador do estresse físico e emocional.

Toda tensão psicológica ou física se traduz por um aumento da tensão muscular, que tem como função preparar o corpo para uma situação de defesa. Quando essas situações ultrapassam o limite do organismo suportar o estresse, existe um processo de não recuperação do organismo, produzindo tensão muscular excessiva que terá ainda outros efeitos sobre o funcionamento do corpo.

Essa tensão muscular excessiva é responsável no estado de estresse pelas contrações dolorosas de certos músculos, os quais desenvolvem contraturas (Pontos-Gatilho ou Pontos Sensíveis) que se cronificam, gerando dores, rigidez (inflexibilidade) e encurtam o músculo, tornando-o mais fraco e inábil para suportar cargas (choque) nos vários tipos de movimento.

Altos níveis de tensão muscular tornam o suprimento sangüíneo para o músculo insuficiente, diminuindo a percepção sensorial, causando um acúmulo de produtos tóxicos na célula e predispondo a fadiga e dor contínua.

Para exemplificar podemos citar as dores na região da coluna cervical (pescoço) e músculos superiores do tronco (próximos a região do ombro) que acompanham indivíduos que possuem profissionalmente cargos ou funções com grandes responsabilidades no seu dia-a-dia, ou mesmo pessoas que trabalham com certas posturas fixas ou repetitivas, como dentistas, pessoas que trabalham por tempo em frente a computadores, etc.

A Figura mostra em vermelho os pontos de tensão que podem existir na região das costas.

PONTOS IMPORTANTES PARA O DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

1.       Realizar uma avaliação postural para identificar possíveis desvios que também possam gerar disfunções musculares,

2.       Realizar uma avaliação dos movimentos diários: repete muito o mesmo movimento, permanece muito tempo na mesma postura, pega muito peso, etc.

3.       Reorganizar a postura através de exercícios de alongamento, massagem (relaxamento) e também fortalecimento muscular.

Acesse o link http://www.metodogerar.com.br/wp-admin/post.php?action=edit&post=1001 e assista a entrevista com a Profa. Gizele Monteiro explicando mais sobre o assunto no Programa Esporte e Atividade Física, realizado pela Phorte TV.

Mudanças posturais na gravidez – dor lombar PARTE 2

27-jul-09

Por Gizele Monteiro – personal gestante

Lombalgia e gravidez

Uma das complicações mais comuns  da gravidez é a dor lombar. Cerca de 50% das mulheres sofrem de lombalgia durante a gestação.

A carga mecânica e/ou a frouxidão ligamentar provocadas por um hormônio chamado relaxina estão associadas com a elevação da incidência de dor lombar em gestantes. A frouxidão ligamentar na região pélvica está ligada com a disfunção na articulação sacroilíaca e com as alterações na sínfise púbica observadas durante a gestação.

Descrita como aquela que não difere da dor lombar fora do período gestacional, segue abaixo algumas características:

  • Estimulada quando se faz a flexão do tronco, causa a diminuição da amplitude para a região,
  • Dor à palpação da musculatura paravertebral lombar.

Medidas Preventivas para a lombalgia gestacional

Durante a gestação as medidas preventivas devem ser adotadas o mais cedo possível, sendo que a gestante deve ser reeducada nas suas atividades diárias.

Para a prevenção entre os exercícios recomendados estão os que se destinam a “relaxar e alongar” a musculatura lombar e desenvolver na mulher uma percepção corporal para quando ela estiver sobrecarregando a região lombar durante a execução de alguma atividade, ou manutenção prolongada de uma postura, ela reconheça esta sobrecarga e realize movimentos compensatórios, aliviando a tensão nesta região.

  • Dor lombar: acrescentar exercícios de alongamento para as costas, posturais e abdominais para evitar a hiperlordose lombar.

Identificando sua tensão muscular

26-abr-09

Profa. Ms. Gizele Monteiro

A tensão muscular pode ser usada como um bom indicador do estresse físico e emocional. Toda tensão psicológica ou física se traduz por um aumento da tensão muscular, que tem como função preparar o corpo para uma situação de defesa. Quando essas situações ultrapassam o limite do organismo suportar o estresse, existe um processo de não recuperação do organismo, produzindo tensão muscular excessiva que terá ainda outros efeitos sobre o funcionamento do corpo.

Essa tensão muscular excessiva é responsável no estado de estresse pelas contrações dolorosas de certos músculos, os quais desenvolvem contraturas, denominadas Pontos-Gatilho ou Pontos Sensíveis (nódulos duros encontrados nos músculos).

EFEITOS QUE PODEM ESTAR ASSOCIADOS AO AUMENTO DA TENSÃO

  • má postura: leva ao encurtamento muscular e estes quando forçados a um alongamento podem causar dor local e referida.
  • bruxismo: ranger dos dentes que podem ocorrer pela contração muscular crônica
  • cefaléia de tensão (ou de contração muscular): dores de cabeça que podem ocorrer devido ao aumento da tensão muscular e irritação dos pontos-gatilho.

O exercício físico é um meio eficaz de atuar nessas situações, pois além de agir diminuindo o stress, pode atuar na musculatura fazendo com que o tecido conjuntivo e a musculatura retornem ao seu comprimento natural. Além dessa ação há também o efeito sobre o tônus muscular, diminuindo-o pela sua ação sobre os órgãos proprioceptores, principalmente quando utilizam-se os exercícios de alongamento.

A massagem também é uma forma eficaz e atuar no tônus muscular que nessas regiões se encontra elevado pelo processo de defesa e reorganização postural.

IMPORTANTE

Para o relaxamento do Ponto sensível:

  • Realize sempre exercícios de alongamento ao final do seu treinamento.
  • A massagem no ponto-gatilho pode ter um resultado excelente tanto para o relaxamento muscular quanto para a postura.
  • A massagem suave pode também ser realizada antes, durante e após o alongamento.

EXERCÍCIO PARA RELAXAMENTO UTILIZANDO UMA BOLINHA

- Manter a pressão por cerca de 10 segundos. Mover para outra área com ponto de tensão e repetir. Tente por cerca de 5-10 minutos.

LEMBRE-SE

  • Se estiver tenso, relaxe seus ombros e realize exercícios de alongamento movimentando sua cabeça suavemente para os lados e para frente.
  • É importante que se esses sintomas forem persistentes o indivíduo procure um médico.

TENSÃO MUSCULAR NA GRAVIDEZ

A tensão muscular durante a gravidez pode ocorrer por diversos fatores:

  • mudanças posturais que ocorrem devido o crescimento da barriga e que sobrecarregam músculos de certas regiões como cervical, torácica e lombar (pescoço e costas como um todo),
  • aumento do peso exagerado que pode levar a sobrecarga muscular, quanto mais peso a mulher ganha, mais seus músculos se esforçam para transportar o seu corpo, principalmente se a mulher não realiza exercícios antes da gravidez,
  • estresse pela atividade profissional que a mulher exerce, principalmente cargos executivos e que levam a grandes desafios.

Programa para Prevenção de Dores

A tensão muscular hoje, por causa do estresse diário, tem sido responsável pelo aparecimento de muitas dores e podem levar a má postura, assimetrias, desequilíbrios e encurtamentos musculares.

Elaboramos programas de exercícios a partir de uma avaliação postural, força, flexibilidade e de tensão muscular.

Mais informações: contato@gizelemonteiro.com.br / (11) 2867.33.07

Acesse o link http://metodomaisvida.com.br/conteudo/2//2009/11/26/alongamento-e-tensao-muscular-entrevista-com-gizele-monteiro/ e assista a entrevista com a Profa. Gizele Monteiro explicando mais sobre o assunto no Programa Esporte e Atividade Física, realizado pela Phorte TV.