Conteúdos sobre Parceiros

Carlotha Bolota no Dia da Gestante e nova parceria Mais Vida Gestantes

23-ago-10

Carlotha Bolota com suas jóias no Dia da Gestante

Nova parceira do Mais Vida Gestantes

 

logo_carlotha300dpi

A Carlotha Bolota comercializa jóias pela internet através de um site seguro, proporcionando comodidade aos nossos clientes onde ele recebe nossos produtos no local determinado com muita agilidade.

São especialistas em jóias infantis com uma grande variedade de produtos com alta qualidade.

brincos_carlotha

A Carltoha Bolota esteve no Dia da Gestante como um dos parceiros e apoiadores do evento, expondo suas jóias e também presenteando nossa convidada Syang e suas filhinhas.

carlotha 4

 

Veja o site e as jóias lindas que a Carlotha oferece:

www.carlothabolota.com.br

Telefone: (11)3044-0986.

Importância de uma boa alimentação materna durante o período de aleitamento

06-ago-10

Especial Semana Mundial do Aleitamento Materno

A Dra. Mara Cristina Sousa Miranda, nutricionista do Empório da Papinha fala sobre a importância de uma boa alimentação para a mamãe durante o período de aleitamento materno.

 

newmomNa fase em que a mãe está amamentando, a alimentação assume um papel de importância ímpar, isso porque os alimentos ingeridos ajudam a recuperá-la do parto, a ter energia suficiente para enfrentar a dura jornada de cuidados com o bebê.

O Estado Nutricional Materno está intimamente ligado a produção do leite.

A dieta deve conter todos os nutrientes como proteínas, carboidratos, gordura, vitaminas, minerais, água e fibras.

“A princípio não há alimentos proibidos para a nutriz. Em situações de suspeita de alergia alimentar no bebê, em aleitamento materno exclusivo, cujo diagnóstico é bem difícil, pode-se pensar numa dieta hipoalergênica para a mamãe”.

O correto é manter uma alimentação sadia, com bastante leite, água e sucos, para estimular a produção de leite.

Alguns fatores estimulam a produção de leite: sucção, presença da criança (estímulo auditivo, visual e olfativo), frequencia, intensidade e duração do estímulo.

Outros fatores podem inibir a liberação de leite: stress, ansiedade, dor, cansaço, nicotina e bebidas alcoólicas.

 

O Leite Humano:

É a fonte completa de nutrientes para o bebê (lactente). Sua composição química é ideal para as condições da digestão e do metabolismo do recém-nascido.

 

Cuidados Necessários para as Mães que Amamentam:

- Seguir as recomendações nutricionais e sempre que possível a orientações de um Nutricionista;

- Ingestão de líquidos freqüentemente;

- Deve-se evitar o consumo exagerado de doces, frituras, guloseimas e outros, uma vez que possuem alta densidade calórica e “pouco ou quase nenhum” nutriente importante para a mamãe e o recém-nascido;

- Incluir diariamente em pelo menos uma das refeições principais uma proteína de origem animal (carne magra – bovina, frango ou peixe). Na falta da carne, o ovo é um bom substituto, devendo ser consumido, no máximo, 02 vezes por semana;

- Incluir diariamente legumes, verduras (cruas ou cozidas) e frutas.

- Nos lanches intermediários (manhã, tarde e noite), dar preferência a frutas inteiras ou suco natural de frutas ou leite batido com frutas ou leite desnatado e seus derivados como iogurte, etc.;

- Evitar (ou diminuir) o consumo de: frituras, doces, refrigerantes, refeições muito temperadas, corantes. Não exceder no sal e evitar as pimentas;

- Evitar grandes quantidades de café, chá preto e chocolate;

- Não fumar nem fazer uso de bebidas alcoólicas;

- Não tomar medicamentos sem orientação médica, pois algumas drogas podem prejudicar a produção do leite.

É importante ajudar a mulher a compreender, de uma forma prática e simples, os princípios de uma alimentação saudável, para que ela possa encontrar mecanismos próprios e estratégias que tornem as suas escolhas do dia-a-dia as mais acertadas para a promoção da sua saúde e a do seu bebê. É fundamental que essa fase “especial de nossa vida” seja muito bem programada e orientada por profissionais competentes para garantirmos a nossa saúde e a de nossos filhos. O ideal é procurar a orientação de um Nutricionista para que a dieta seja direcionada para “você”, de acordo com as suas necessidades nutricionais, peso atual e exame laboratorial, garantindo assim uma alimentação saudável para a lactante.

Dia da Gestante – participe!

20-jul-10

 

DIA DA GESTANTE – Informações para Participação

O Mais Vida Gestantes juntamente com a academia Activa e o Roteiro das Grávidas sempre buscando a inovação para atender suas clientes estão organizando o DIA DA GESTANTE.

O evento “Dia da Gestante” irá proporcionar um dia agradável e marcante para a mamãe. Iniciando com um gostoso café da manhã oferecido pela Quitanda, as mamães terão um dia movimentado. Buscamos criar um ambiente descontraído em que a mamãe possa conversar com outras mamães, desfrutar um dia todo cheio de novidades, assistir às palestras, demonstrações, tirar fotos, fazer uma aula prática de alongamento, conhecer novos serviços e produtos, participar de sorteios, brindes e muito mais.

Nosso objetivo: levar informações diferentes daquelas que têm sido apresentadas nos cursos para gestantes oferecidos por médicos e hospitais,

Com muita alegria reunimos o que há de melhor em vários segmentos que atendem a gestante, sendo formado por um grupo de empresas que oferecem produtos e serviços diferenciados e de grande destaque e qualidade no mercado, tudo isso para atendê-la.

O evento de entrada franca, acontecerá no dia 14 de agosto (Sábado). Segue o convite com a descrição das palestras e atividades que teremos e empresas envolvidas no apoio e realização do evento.

 

Dia da Gestante

 

Apoiam ainda o evento a BBD Editora oferecendo seu Baby Guide para sorteios e descontos maravilhosos na aquisição do exemplar; MAM que ofereceu como brindes absorventes para os seios, necessaire com folheto de dicas de cuidado oral com o bebê, adesivo de carro; Drica Cakes com maravilhosos cupcakes para as gestantes inscritas.

Teremos ainda no evento uma manhã de autógrafos com o Dr. Yechiel Moises Chencinski e Syang.

Por se tratar de um evento gratuito, aberto a todas as grávidas interessadas, teremos VAGAS LIMITADAS e é preciso que a mamãe faça sua inscrição para que possamos com toda organização e qualidade atender a todas as inscritas. 

PROCEDIMENTOS:

Ligue para: (11) 3081-6440 e faça sua inscrição deixando os dados solicitados (atendimento na recepção da academia Activa). Estamos esperando sua ligação!

 Atenção: A inscrição antecipada é obrigatória! VAGAS LIMITADAS!

 

Dia: 14/08/2010 – início às 9 horas

Local: Academia Activa – Av. Henrique Schauman, 717.

Estacionamento com desconto – Rede Park – Rua Teodoro Sampaio 1235

 

Inscrições: Fone (11) 3081.64.40

Saiba mais:

http://metodomaisvida.com.br/conteudo/2/

http://blog.zazou.com.br/

Alimentação durante a Amamentação – Empório da Papinha (parceiro Mais Vida Gestantes)

27-mai-10

Alimentação da Lactante ou Nutriz

Dra. Mara Cristina Sousa Miranda – Empório da Papinha

 

Na fase em que a mãe está amamentando, a alimentação assume um papel de importância ímpar, isso porque os alimentos ingeridos ajudam a recuperá-la do parto, a ter energia suficiente para enfrentar a dura jornada de cuidados com o bebê.

O Estado Nutricional Materno esta intimamente ligado a produção do leite. A dieta deve conter todos os nutrientes como proteínas, carboidratos, gordura, vitaminas, minerais, água e fibras.

“A princípio não há alimentos proibidos para a nutriz. Em situações de suspeita de alergia alimentar no bebê, em aleitamento materno exclusivo, cujo diagnóstico é bem difícil, pode-se pensar numa dieta hipoalergênica para a mamãe”.

O correto é manter uma alimentação sadia, com bastante leite, água e sucos, para estimular a produção de leite.

Alguns fatores estimulam a produção de leite: sucção, presença da criança (estímulo auditivo, visual e olfativo), frequencia, intensidade e duração do estímulo.

Outros fatores podem inibir a liberação de leite: stress, ansiedade, dor, cansaço, nicotina e bebidas alcoólicas.

O Leite Humano é a fonte completa de nutrientes para o bebê (lactente). Sua composição química é ideal para as condições da digestão e do metabolismo do recém-nascido.

Cuidados Necessários para as Mães que Amamentam:

- Seguir as recomendações nutricionais e sempre que possível a orientações de um Nutricionista;

- Ingestão de líquidos freqüentemente;

- Deve-se evitar o consumo exagerado de doces, frituras, guloseimas e outros, uma vez que possuem alta densidade calórica e “pouco ou quase nenhum” nutriente importante para a mamãe e o recém-nascido;

- Incluir diariamente em pelo menos uma das refeições principais uma proteína de origem animal (carne magra – bovina, frango ou peixe). Na falta da carne, o ovo é um bom substituto, devendo ser consumido, no máximo, 02 vezes por semana;

- Incluir diariamente legumes, verduras (cruas ou cozidas) e frutas.

- Nos lanches intermediários (manhã, tarde e noite), dar preferência a frutas inteiras ou suco natural de frutas ou leite batido com frutas ou leite desnatado e seus derivados como iogurte, etc.;

- Evitar (ou diminuir) o consumo de: frituras, doces, refrigerantes, refeições muito temperadas, corantes. Não exceder no sal e evitar as pimentas;

- Evitar grandes quantidades de café, chá preto e chocolate;

- Não fumar nem fazer uso de bebidas alcoólicas;

- Não tomar medicamentos sem orientação médica, pois algumas drogas podem prejudicar a produção do leite.

É importante ajudar a mulher a compreender, de uma forma prática e simples, os princípios de uma alimentação saudável, para que ela possa encontrar mecanismos próprios e estratégias que tornem as suas escolhas do dia-a-dia as mais acertadas para a promoção da sua saúde e a do seu bebê. É fundamental que essa fase “especial de nossa vida” seja muito bem programada e orientada por profissionais competentes para garantirmos a nossa saúde e a de nossos filhos. O ideal é procurar a orientação de um Nutricionista para que a dieta seja direcionada para “você”, de acordo com as suas necessidades nutricionais, peso atual e exame laboratorial, garantindo assim uma alimentação saudável para a lactante.

Ginástica no Pós-parto

21-mai-10

Profa. Ms Gizele Monteiro

Os exercícios no pós-parto podem ser introduzidos gradativamente e, em condições favoráveis, podem ser iniciados logo após a paciente ter deixado a maternidade, mas o importante sempre é ter a liberação médica associada ao tipo de parto e condição física da mulher.

Existem exercícios muito leves e com característica que podem ajudar muito a mulher nesses momentos, como por exemplo, exercícios de alongamento para a região das costas, cervical, parte anterior do tronco (músculos peitorais) que ajudam a compensar a postura e auxiliam no relaxamenteo a mulher, que passará por um momento de adaptação que é estressante. Além disso esses exercícios combinarm muito com a massagem que realizada em alguns pontos torna-se estratégica para o relaxamento e o alívio de dores.

Aos poucos podem ser introduzidos também exercícios de resistência para a musculatura utilizada no dia-a-dia e complementados pela caminhada.

O importante é desmistificar que os exercícios não podem ser iniciados nesse período

Objetivos:

  • preservação ou restauração das funções normais da bexiga e do intestino;
  • restauração do tônus muscular, da silhueta e da postura;
  • evitar aquisição de peso;
  • prevenção do prolapso genital (queda do útero)

Logo após dar à luz, a mãe tem seus dias completamente preenchidos, cuidando do bebê. Amamentar, trocar fraldas, dar banho, acalmar o choro, enfim, este novo serzinho domina totalmente o ambiente, impedindo, sobretudo, que a mãe possa pensar em si, pois quando ela não estiver ocupada com o seu bebê, provavelmente estará dormindo para repor as energias.

À medida em que o tempo passa, ambos, mãe e bebê, vão adaptando-se um ao outro. As mamadas acontecem em um intervalo regular, e a mãe já terá adquirido mais prática nas tarefas diárias.

O ideal é que a mãe consiga sempre encontrar um tempinho para cuidar de si.

O treinamento personalizado nesse sentido tem uma importância muito grande pois o profissional irá até o domicílio fazendo com que a mamãe possa programar o horário dentro do seu ritmo e do seu bebê.

Aos poucos a aula em grupo com o bebê também pode ser uma opção pois assim não terá que deixar seu bebê com alguém a reunião com outras mães e seus pequenos será importante para a socialização dos dois.

Os exercícios muitas vezes são deixados num segundo plano, mas deve fazer parte do seu dia-a-dia.

O método Mais Vida Gestantes pensou em todas essas opções e temos vários serviços que a mamãe poderá contar:

- Personal Training: com atendimento domiciliar, em um dos nossos pontos ou em seu no local de preferência (clube – academia),

- Aulas em grupo: pequenos grupos que podem ser realizados com os bebês ou não

- Grupo de caminhada e corrida: atendimento na USP aos sábados e já estamos fechando uma parceria no Ibirapuera.

Para as mamães de outras cidades temos ainda …

Rio de Janeiro: os mesmos atendimentos e o grupo de caminhada e corrida acontece numa orla de Copacabana e na Lagoa na Tenda Proativa com a equipe da Proativa Club, parceiros do Mais Vida Gestantes.

Atendimento em Brasília, Bauru, Tietê, Campinas – realizam atendimento personalizado  e ainda com grupos de ginástica (com o bebê) e hidroginástica.

 

Saiba mais!

São Paulo: gizele@metodomaisvida.com.br / Fones – (11) 2867-3307 e 7871.4162

Rio de Janeiro: contato@proativaclub.com.br / Fones – (21) 3242-3334 e 9209-3842

Brasília: Personal Training – Fone – (61) 8179-0738

Bauru: Personal Training – Fone – (14) 8148-7888

Campinas: Personal Training – Fone – (19) 7804-1295

Tietê e Cerquilho: Personal Training – Fone – (015) 9141-3890

Que exercício uma gestante pode fazer? Artigo no Blog da Zazou.

19-mai-10

O método Mais Vida Gestantes está com a matéria QUE EXERCÍCIO UMA GESTANTE PODE FAZER? no blog da Zazou. Tire suas dúvidas em relação as características das várias modalidades de exercícios e busque orientação de um profissional que entenda de gravidez para atendê-la.

 

Por: Profa. Ms Gizele Monteiro

Uma dúvida muito comum acompanha gestantes e profissionais da área é em relação a quais exercícios físicos são permitidos durante a gestação?

A primeira coisa a se observar neste caso é se o médico libera para a realização de exercícios, e também para a atividade que a gestante deseja faze,r ou se o profissional deseja prescrever.
Linha de Roupas de Ginastica para Gestantes da Zazou

Após esse passo a gestante está liberada para a atividade, porém todo o controle e conhecimento também deve ser levado em consideração.

1) MUSCULAÇÃO – uma das atividades mais utilizadas hoje nas academias.

A musculação, por exemplo, é uma atividade muito usada hoje nas academias e por professores que trabalham com treinamento personalizado, porém não são todos os médicos que a liberam. Se bem orientada é uma atividade muito importante e interessante, uma vez que fortalece musculaturas responsáveis pelo controle postura. Há sempre a necessidade, independente do exercício, de realizar ajustes conforme a individualidade da gestante. Desde que liberada pelo médico, tanto a gestante que era sedentária, quanto a que já fazia musculação podem fazê-la.

2) PILATES – a atividade do momento.

O Pilates vem com força total e a cada dia ganha novos adeptos. Hoje muitos médicos indicam o Pilates até mesmo sem conhecer muito da modalidade. Não é uma atividade indicada para gestantes que eram sedentárias antes de engravidar e que nunca fizeram Pilates. Apesar de ser uma atividade importante para o fortalecimento muscular (para auxílio de desconfortos pelas mudanças posturais) e do assoalho pélvico (importante para o parto normal) por seus exercícios exigirem muito dessas musculaturas, com grande ênfase em abdominais, é intensa para quem não o conhece. Pensando nisso o método Mais Vida Gestantes está fazendo parceria com profissionais que passaram por nossa formação e são capazes de realizar as adaptações e mudanças de exercícios necessárias para a futura mamãe.

3) TREINAMENTO FUNCIONAL – uma atividade que vem ganhando força e espaço no mercado.

O treinamento funcional veio para ficar, pelo menos por alguns anos essa modalidade estará na lista das academias e prioridade dos profissionais. No treinamento funcional existe uma variação muito grande de exercícios e equipamentos (materiais) que podem ser utilizados. O profissional deverá conhecer muito bem cada exercícios e material para adaptá-lo para a gestante. Não são todos que ela poderá fazer. As grandes instabilidades e exercícios arriscados devem ser tirados do quadro de exercícios selecionados. Na gravidez a orientação deve ser sempre a segurança da gestante não só pela superfície estável, mas também pelo grau de dificuldade ou ação do exercício. É importante que o profissional conheça bastante da gravidez e do treinamento funcional para aplicá-lo. O método Mais Vida Gestantes tem profissionais capacitados para trabalhar com toda a segurança necessária para a gestante.

Linha de Roupas de Ginastica para Gestantes da Zazou

4) ATIVIDADES DE IMPACTO – corrida

A corrida por ser uma atividade de intensidade e ação biomecânica elevada (devido o impacto) exige um grande nível de aptidão de quem irá praticá-la, portanto não é uma atividade indicada para se iniciar durante a gravidez. Para gestantes que já corriam antes de engravidar, indicamos que sempre seja acompanhado por um profissional e que distâncias e intensidade sejam controladas e reduzidas com o progresso da gravidez.

5) GINÁSTICA PARA GESTANTES – atividade em grupo

Uma atividade em grupo é sempre bom para descontrair e motivar. As aulas devem ser programadas e direcionadas para as necessidades gestacionais, havendo sempre a ação em diferentes grupamentos musculares e também exercícios com objetivos e materiais diferentes. Mesmo uma gestante sedentária pode iniciar, mas sempre com o controle do profissional que irá atendê-la.

6) EXERCÍCIOS DE ALONGAMENTO – para o relaxamento e ação em músculos sobrecarregados pelas mudanças posturais.

Muito importantes para qualquer gestante. Proporcionam o relaxamento e o equilíbrio para grupamentos musculares sobrecarregados pelas mudanças posturais. Temos um post nesse blog informando um pouco mais de como devem ser aplicados os exercícios de alongamento.

Linha de Roupas de Ginastica para Gestantes da Zazou

7) HIDROGINÁSTICA

A hidroginástica é ainda a atividade mais indicada pelos médicos, e é sem dúvidas uma atividade que traz vários benefícios para a gestante, principalmente no último trimestre. Nesse momento muitas gestantes sofrem com o inchaço nas pernas e a atividade em água é muito positiva para esse alívio. Há de se tomar muito cuidado pois vários locais oferecem aulas que não são específicas para gestantes sendo que pode haver uma mistura de pessoas e o objetivo e foco ser perdido. Para o grupo de gestantes, o profissional deverá saber fazer as correções das várias grávidas em períodos diferentes de sua gravidez, distribuídas nos vários meses e trimestres e cada uma terá um nível de condicionamento físico e necessidades diferentes.

8) PROGRAMA PRÉ-GRAVIDEZ

Para quem planeja sua gravidez o programa deve ter como foco a preparação física do corpo da mulher, seja no sentido de perda de peso, como também no fortalecimento dos grupamentos musculares que serão sobrecarregados nesse momento. Por isso os programas são com objetivos, intensidades e volumes diferentes.

9) PROGRAMA PÓS-PARTO

Engana-se quem acha que no pós-parto pode voltar com o ritmo total. O exercício nesse período requer tanto cuidado quanto durante a gestação, pois o corpo da mulher ainda não voltou ao normal e há grandes influência hormonal ainda. Dessa forma o exercício intenso, independente de qual seja, pode provocar lesões e também comprometer a amamentação.

Para maiores informações sobre o assunto fica a dica para fazerem uma visita ao site abaixo:

http://metodomaisvida.com.br/conteudo/2//2009/12/26/atendimento-personalizado-na-gravidez-e-pos-parto/

  

A Importância do Alimento Orgânico – Empório da Papinha

22-abr-10

Dra Mara Cristina de Sousa Miranda

Nutricionista Responsável pelo projeto e produção do Empório da Papinha

Produto orgânico é o resultado de um sistema de produção agrícola que não utiliza agrotóxicos, aditivos químicos ou modificações moleculares em sementes.

papinhasEste cultivo busca manejar de forma equilibrada, através de métodos naturais de adubação e de controle de pragas, o solo e demais recursos naturais, preservando-os de contaminações e utilizando-os de maneira sustentável, mantendo a harmonia entre homem e natureza.

Nas últimas décadas, o uso indiscriminado de agrotóxicos e produtos químicos na produção de alimentos vem causando preocupação em diversas partes do mundo. Um forte exemplo é a crítica ao modelo de agricultura vigente que cresce à medida que estudos comprovam que os agrotóxicos contaminam os alimentos e o meio ambiente, causando danos à saúde.

A partir dos anos sessenta os efeitos nocivos da agricultura convencional especialmente os resíduos de agrotóxicos encontrados na água, no solo e nos alimentos – tornaram-se mais evidentes e, em diversos países, o movimento ambientalista fortaleceu a proposta da agricultura orgânica.

Dentro deste contexto, tem aumentado progressivamente a procura por alimentos produzidos de forma orgânica, isto é, livres de fertilizantes químicos, agrotóxicos, antibióticos, hormônios e outras drogas usualmente utilizadas. Estudos científicos sugerem que os alimentos orgânicos são melhores para a nossa saúde, pois o seu valor nutricional é maior do que aqueles produzidos convencionalmente.

Atualmente encontramos desde cereais, carne, frango, toda linha de laticínios e até papinhas e comidinhas para bebês, totalmente orgânicos, além de alguns condimentos e outros produtos de mercearia seca que são comercializados em redes de supermercados e diversas lojas. Alguns produtores/empresas fazem o serviço de entrega domiciliar. Muitas empresas investem neste mercado “orgânico” viabilizando cada vez mais uma alimentação habitual com uma gama de muitos produtos que têm como principal característica a ausência de insumos químicos, corantes, conservantes, acidulantes, entre outros, na sua produção.

Todo produto orgânico deve ter um selo de certificação que comprova a procedência dos produtos e sua qualidade.

Os consumidores de produtos orgânicos destacam a diferença de preço e de qualidade entre os produtos orgânicos e os convencionais – “podem custar um pouco mais, mas não tem agrotóxicos, aditivos, conservantes, corantes ou acidulantes o que garante uma melhor qualidade na alimentação da minha família e estão sempre “fresquinhos”.

Facilmente comprovamos que os consumidores de produtos orgânicos fazem opções diversas em relação aos cuidados com a saúde. A alimentação orgânica representa um dos meios para garantir a saúde e, quando necessitam de outros cuidados, preferem a homeopatia e outras práticas de medicina natural ao tratamento alopático.

Percebe-se nas idéias e atitudes desses consumidores uma reação às transformações alimentares dos últimos tempos. A alimentação moderna vem mudando os hábitos das pessoas com a industrialização de refeições pré-preparadas ou prontas com adição de conservantes, estabilizantes e outros produtos químicos que ao serem consumidos ao longo da vida trarão prejuízos a saúde. Para estes consumidores, o alimento orgânico significa um meio de prevenir doenças, dessa forma, adquire um valor de garantia e investimento na saúde.

Estudos científicos sugerem que os alimentos orgânicos são melhores para a nossa saúde, pois o seu valor nutricional é maior do que aqueles produzidos convencionalmente.

www.emporiodapapinha.com.br

Massagem na Gravidez e Pós-parto – Benefícios

14-abr-10

Profa. Ms Gizele Monteiro

Durante a gravidez muitas das alterações hormomais e posturais podem levar a queixas, dores e desconfortos.

A massagem é uma forma de amenizar esses efeitos negativos e podemos citar vários benefícios para a saúde da gestante.

A massagem pode atuar em muitas queixas da gravidez, como: cefaléia, azia, edema, dores musculares, fadiga, ansiedade e muitas mais. Também aprimora as relações entre gestante e seu parceiro, prepara a grávida para o parto e o pós-parto (Beck-Gallagher, 1997).

Benefícios da Massagem (Brand-James, 2001):

- Facilita o processo psicológico da gestação por aumentar a respiração celular, reduzir o edema, e contribuir para a sedação do sistema nervoso simpático.

- Alivia a sobrecarga nas articulações de suporte de peso e estruturas músculo-fasciais (articulação sacro-íliaca, coluna toraco-lombar, quadris, músculos eretores da espinha).

- Alivia e reduz dores no pescoço e nas costas causadas por postura inapropriada (OU MUDANÇAS POSTURAIS DECORRENTES DO PERÍODO GESTACIONAL), fraqueza muscular e desequilíbrio.

- Provê suporte emocional e físico (particularmente para as mulheres que estão sozinhas nesta etapa).

- Desenvolve a consciência sensorial necessária para o processo do parto cinestesicamente (após o parto, a musculatura das costas, o abdômen e o assoalho pélvico devem relaxar para permitir que o útero trabalhe sem resistência).

- Facilitar o realinhamento estrutural da coluna e pelve no pós-parto e a reabilitação dos músculos abdominais e psoas.

O método Mais Vida Gestantes está com uma nova parceria com o Instituto Nessi, a fim de oferecer nessa área um atendimento de qualidade para a gestante.

Entre em contato e informe-se:

e-mail: contato@metodomaisvida.com.br / Fones (11) 7871.41.62 – 2867.33.07.

Papinhas orgânicas e crianças saudáveis.

13-abr-10

EMPÓRIO DA PAPINHA – parceiro do Mais Vida Gestantes

Papinhas orgânicas e crianças saudáveis. Uma dupla perfeita!

Ensinar a se alimentar de forma saudável e consciente, é um hábito seu filho deve aprender desde bebezinho.



Empório da Papinha é uma empresa de alimentação infantil especializada em nutrição para crianças entre as faixas etárias de quatro meses a três anos.

Idealizado por Maria Fernanda Thomé de Rizzo e Sonia Maria de Azevedo Thomé, o Empório da Papinha oferece refeições saudáveis, saborosas e práticas às mães atentas a nutrição de seus bebês e que querem oferecer a melhor alimentação, mas que não dispõem de tempo ou encontram dificuldade em fazê-las em casa.

Possui uma linha de produtos congelados preparada com alimentos orgânicos, (legumes, verduras, frutas e carnes), cuidadosamente elaborada, e desenvolvida especialmente para acompanhar estas fases de crescimento da criança, trazendo refeições completas, salgadas e doces, e sobremesas balanceadas e nutritivas.

A utilização de matéria-prima orgânica e o congelamento como forma de conservação traz a certeza de que o bebê estará ingerindo alimentos 100% naturais, não modificados, livres de corantes, aromas artificiais e conservantes químicos, contribuindo para o seu fortalecimento, saúde e crescimento.

Este ano reserva mais desafios ao Empório da Papinha,  exportações ao continente europeu e atendimento ao público de outros estados.

Com os produtos certificados conforme as mais rigorosas normas nacionais e internacionais, ficou re-afirmado o compromisso do Empório da Papinha com a qualidade e a seriedade de um trabalho diferenciado e saudável.

Fonte: http://kids.fashionbubbles.com/tag/emporio-da-papinha-em-moema/