Conteúdo de junho/2012

Dieta para Gestantes

27-jun-12

Por Gizele Monteiro

A qualidade da dieta para as gestantes tem grande importância para a saúde da mãe e do bebê. Quando falamos em dieta, nos referimos a qualidade de alimentação e não uma restrição alimentar. Espero neste post contribuir com informações para a gestante ter uma melhor qualidade alimentar.

Sempre orientamos a buscar uma orientação nutricional especializada para esse momento.

Será que a gestante precisa comer por dois?

É um mito a gestante precisar comer por dois! Tem sido dito muitas vezes que uma gestante deve comer por duas pessoas, ela e seu bebê, mas isso não é verdade.

A verdade é que durante a gravidez a mulher tem de fornecer uma boa nutrição para dois – ela e seu bebê. O bebê recebe todo o alimento para ter um crescimento saudável através de sua mãe pelo cordão umbilical, por isso a dieta materna é muito importante. Se a mãe é desprovida de vitaminas e nutrientes seu bebê não receberá o que é necessário.

Se uma mulher já teve problemas para manter seu peso para cima ou para baixo antes da gravidez, ela deve fazer um plano nutricional, com a ajuda de seu médico e de uma nutricionista especializada.

Quanta energia uma gestante precisa?

  • Uma mulher que não está grávida precisa de cerca de 2100 calorias por dia.
  • Uma mulher grávida precisa de cerca de 2500 calorias por dia (valores que mudam nos trimestres).
  • A mulher que amamenta precisa de aproximadamente 3000 calorias por dia.
  • Calorias são às vezes chamadas Kilocalorias ou Kcal.

Que tipo de alimento a gestante deve comer?

Uma dieta bem equilibrada deve conter todos os grupos de alimentos: produtos lácteos, frutas, legumes, peixe, carne, ovos, gordura e carboidratos. Uma gestante precisa comer alguma coisa de todos estes grupos de alimentos todos os dias, a fim de obter as quantidades adequadas de energia.

  • Aproximadamente 10% das calorias devem vir das proteínas. A proteína é encontrada principalmente em carnes, peixes, ovos, laticínios e grãos.
  • Aproximadamente 35% das calorias devem vir da gordura, que é encontrada principalmente na manteiga, óleos, margarinas, produtos lácteos e nozes.
  • Aproximadamente 55% das calorias devem vir de carboidratos, que são encontrados em pães, massas, batatas, produtos de grãos de milho, arroz e outros.

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA GESTAÇÃO

22-jun-12

Dra. Aline Nascimento - Nutricionista

Neste post colocarei minha posição sobre a importância da alimentação na gestação para a saúde da mamãe e do bebê. A gestação é um período mágico e de muita transição. A natureza modifica o corpo e a mente para transformar a mulher em mãe. Isso não é um processo muito é fácil. Após 7 a 10 dias da fecundação o sangue da mãe começa a alimentar o filho, e ai vem a grande responsabilidade da alimentação na gestação. Esse é o momento da mulher deixar de lado o que gosta de comer para começar a colocar em prática o que é necessário comer. É importante que a futura mamãe entenda a importância da alimentação na gestação.
O primeiro trimestre da gestação é de extrema importância para a formação do bebê, é uma fase de intensa divisão celular. Para que essa divisão celular ocorra de maneira saúdavel é necessário garantir nutrientes necessários para manter um bom estado nutricional. Ou seja, o cuidado com a alimentação deve iniciar antes mesmo da gestação, pois uma alimentação saudável e equilibrada irá garantir um desenvolvimento adequado para o bebê.
Já no segundo e terceiro trimestre da gestação, o ganho de peso adequado nesse período, a ingestão adequada de nutrientes, o controle do fator emocional e o estilo de vida serão de extrema importancia para o desenvolvimento e crescimento do bebê.
Ainda hoje existem muitos mitos em realação a gestação. O mais comum é: A gestante precisa comer por dois?
Não tem necessidade da gestante comer por dois, e sim consumir nutrientes para dois. Basta a gestante ter uma alimentação saudável, rica em vitaminas e minerais para manter saudável o seu bebê. O ganho de peso excessivo durante a gestação está relacionado com o nascimento de bebês muito grandes, diabetes gestacional e aumento da pressão arterial durante a gestação e/ou parto.
Dicas importantes para uma saudável alimentação na gestação:
  • Fazer de 5 a 6 refeições diariamentes sem pular nenhuma delas;
  • Manter uma alimentação rica em ferro, cálcio e vitamina C;
  • Consumir frutas e vegetais diariamentes;
  • Consumir carnes magras.
  • Evitar consumir, frituras, conservas, doces e embutidos;
  • E não esqueça de hidratar o seu corpo, consumir aproximadamente 2 litros de água diariamente.