Conteúdos de 6/abril/2012

Modificações posturais e dor lombar durante a gravidez

06-abr-12

Profa. Ms. Gizele Monteiro

Diretora do Mais Vida Gestantes – Personal Gestante


Modificações Posturais durante a Gravidez

O período gestacional compreende diversas mudanças corporais, no qual a mulher sofre adaptações fisiológicas e anatômicas. Essas adaptações e modificações são provocadas pelas necessidades funcionais e metabólicas impostas pela gravidez.

O mecanismo compensatório postural mais relatado pelos especialistas é a acentuação da curvatura lordótica da mulher face ao aumento progressivo do volume abdominal.

Dor Lombar na Gravidez

Uma das complicações mais comuns da gravidez é a dor lombar e cerca de 50% das mulheres sofrem durante a gestação. O exercício tem sido utilizado como uma das medidas preventivas para a dor lombar e desde cedo, se adotado com orientações posturais e ergonômicas, exercícios de alongamento, fortalecimento e relaxamento muscular. Esses procedimentos têm tido efeitos positivos sobre a diminuição da intensidade da dor lombar em gestantes.

Os exercícios de alongamento fazem parte das recomendações preventivas que devem ser destinados para o relaxamento e compensação da musculatura lombar, levando também a mulher a uma percepção corporal permitindo-a reconhecer quando houver sobrecarga da região durante a execução de alguma atividade, ou manutenção prolongada de uma postura. No entanto esses exercícios devem ser conduzidos com conhecimento, pois a gestante neste período também tem sua flexibilidade aumentada o que pode levar a uma instabilidade músculo-articular.

Mais Vida Gestantes – Programa de exercícios Pré-gravidez, Gravidez e Pós-parto oferece em seus pontos de atendimento aulas de ginástica para gestantes e mulheres no pós-parto.

Um atendimento com um Personal Gestante também poderá ser direcionado para o domicílio da mamãe.

Saiba mais: e-mail – contato@gizelemonteiro.com.br ou fone - (11) 2867.3307 / 7871.4162.

Exercícios e Gravidez depois dos 40 anos: benefícios

06-abr-12

Gizele Monteiro

Diretora do Mais Vida Gestantes – Personal Gestante

Exercícios na Gravidez depois dos 40 anos

A gravidez depois dos 40 anos, considerada gravidez tardia, é sempre preocupação da área médica por vários fatores de saúde da mulher e também do bebê, principalmente se ela ocorrer após os 45 anos.

Do ponto de vista físico, condição corporal e nível de aptidão física, a mulher encontra-se numa curva descendente. Além do fator idade podemos considerar o grande nível de sedentarismo que normalmente coloca a mulher numa condição de sobrepeso.

A gravidez é um momento de impacto fisiológico e biomecânico muito grande para mulher. Nesse ponto também pelo sedentarismo, sua postura e musculatura já se encontra em condições diferentes.

Exercícios e Gravidez depois dos 40 anos: benefícios

Mulheres que se mantém ativas, isto é, realizam exercícios tem uma queda bem menos acentuada da sua condição muscular pois mantém a mantém fortalecida, postura e condição cardiorrespiratória também melhorada. Este é um grande benefício promovido pelo exercício para uma gravidez depois dos 40 anos.

Tanto o aumento de peso, quanto a probabilidade de doenças como diabetes e hipertensão aumenta. Por isso nesse momento os exercícios são uma forma muito interessante de contribuir para a saúde da mulher e consequentemente do bebê.

Exercícios e Gravidez depois dos 40 anos: cuidados

Os exercícios nessa fase devem ter cuidados redobrados na intensidade e na quantidade aplicada, assim como a escolha do exercício juntamente com a qualidade técnica do mesmo para não aumentar os riscos de lesões. É um mito achar que a mulher deve fazer apenas hidroginástica, ela pode ser uma das atividades incluídas, porém deve haver um trabalho postural e também um fortalecimento do assoalho pélvico pois a mulher nessa idade também pode ter um comprometimento maior por causa da idade.

A gravidez é um momento de grandes alterações fisiológicas com grande sobrecarga cardíaca e circulatória, assim como também as mudanças posturais. Normalmente na mulher sedentária a postura já começou a ser modificada e a gravidez irá aumentar isso. Por isso os detalhes acima não devem ser desconsiderados pelo profissional que atenderá essa gestante. Ele deve ser especializado em prescrição de exercícios na gravidez.