Amamentação traz benefícios cardíacos e para a saúde da mãe

Mulheres que amamentam têm menor risco cardíaco, diz estudo

As mulheres que amamentam seus filhos correm menos risco de sofrer no futuro de problemas cardíacos, revela um estudo divulgado nos Estados Unidos.

O trabalho, que analisou 139.681 mulheres após a menopausa, revelou que o grupo que amamentou durante ao menos um mês apresentava pressão arterial mais baixa, menor nível de colesterol e menos incidência de diabetes, conhecidos fatores de risco cardíaco, destaca um artigo publicado na edição de maio de “Obstetrics and Gynecology”.

Quanto maior o tempo de amamentação, maior parece ser o benefício para a saúde da mãe, destaca o estudo.

As mulheres que amamentaram durante mais de um ano tiveram uma redução de 10% em seu risco cardíaco, afirmou Eleanor Bimla Schwartz, professora de Medicina da Universidade de Pittsburgh (Pensilvânia) e principal autora do trabalho.

“Quando maior o tempo de amamentação, melhor para a saúde da mãe e do filho”, disse Schwartz. “Nosso estudo dá outra boa razão para que as políticas estimulem as mulheres a amamentar.”

Schwartz destacou que as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte entre as mulheres.

O estudo faz parte da iniciativa do governo federal americano, lançada em 1994, para investigar as doenças crônicas das mulheres.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/noticias/ult263u554374.shtml