Gravidez após os 40 – que cuidados devemos ter com a gestação tardia?

Site Melhoramiga.com.br

Essa foi uma entrevista que concedemos ao site Melhor Amiga com o tema Gravidez após os 40 – que cuidados devemos ter com a gestação tardia?. Tema em alta na mídia a preocupação é bem atual pelo novo estilo de vida da mulher que deixa para engravidar mais tardiamente.

A gravidez tardia é sempre preocupação da área médica por vários fatores de saúde da mulher e também do bebê. Do ponto de vista físico (corporal e nível de aptidão física), a mulher encontra-se numa curva descendente. Aquelas que realizam exercícios tem uma queda bem menos acentuada, pois mantém sua musculatura fortalecida, postura e condição cardiorrespiratória também melhorada.

A gravidez é um momento de impacto fisiológico e biomecânico muito grande para mulher e ainda mais após os 40 anos. Tanto o aumento de peso, quanto a probabilidade de doenças como diabetes e hipertensão aumenta. Por isso, nesse momento, os exercícios físicos são uma forma muito interessante de contribuir para a saúde da mulher, da gestação e conseqüentemente do bebê. Os cuidados devem ser redobrados, a intensidade e o volume do exercício também, assim como a escolha do exercício juntamente com a qualidade técnica do mesmo para não aumentar os riscos de lesões.

É um mito achar que a mulher deve fazer apenas hidroginástica. Ela pode ser uma das atividades incluídas, porém deve haver um trabalho postural e também um fortalecimento do assoalho pélvico. A gravidez é um momento de grandes alterações fisiológicas com grande sobrecarga cardíaca e circulatória, assim como também as mudanças posturais. Normalmente na mulher sedentária a postura já começou a ser modificada e a gravidez irá aumentar isso. Por isso os detalhes acima não devem ser desconsiderados pelo profissional que atenderá essa gestante.. Ele deve ser especializado no atendimento às grávidas.

DICAS E PASSO A PASSO – PRÉ-GRAVIDEZ, GRAVIDEZ E PÓS-PARTO

A professora Gizele Monteiro, especialista em exercícios físicos e Personal Gestante, revela os mitos e as verdades para as mulheres que estão nestas fases tão especiais da vida. Os exercícios físicos são essenciais para o bem-estar e saúde durante toda a vida, sem dúvida.

Já as mulheres que desejam engravidar, as gestantes ou aquelas que acabaram de gerar seu filho necessitam de cuidados especiais, alimentação balanceada e atividades para o condicionamento corporal.

Atenta à demanda e a preocupação crescente dessas pessoas com qualidade de vida, Gizele Monteiro, especialista em exercícios físicos no Brasil e exterior e diretora do Método Mais Vida, idealizou um programa completo, seguro e inédito com embasamento nas mudanças fisiológicas, biomecânicas (posturais e músculo-esquelético) para as três etapas gestacionais.

Quem deseja engravidar, por exemplo, deve preparará o seu corpo fisicamente para esse momento, entre os quais, músculos posturais, debilidades de força e flexibilidade, condição aeróbica, musculatura do assoalho pélvico. “Nesse programa podem ser incluídas mulheres que precisam ou desejam emagrecer para engravidar e aquelas que possuem diabetes ou hipertensão e precisam controlar sua doença antes da gestação. Essas doenças são risco para a mãe e o bebê”, explica Gizele.

De acordo com a Personal, durante a gestação a prescrição será organizada conforme os trimestres, pensando nas mudanças a cada período e também nas individualidades, queixas ou necessidades. Exercícios mal acompanhados podem promover dores ou lesões.

O pós-parto é um dos momentos de sensibilidade profunda da mulher. O retorno das funções fisiológicas, biomecânicas, posturais são também respeitadas pelo programa, podendo também ser realizados exercícios com o bebê, além do cuidado para não comprometer a amamentação pela intensidade inadequada das atividades.

O atendimento do método Mais Vida Gestantes pode ser realizado de duas formas: personalizado em local de escolha da gestante, residência, academia ou no estúdio Mais Vida. As aulas em grupo são realizadas com número reduzido de gestantes ou recém-mamães para manter a qualidade e segurança, conforme os trimestres ou queixas que as alunas podem apresentar.

Duração – “As aulas variam entre 45 e 60 minutos. Na pré-gravidez recomendamos, no mínimo, de três a quatro meses para perda de peso ou fortalecimento muscular. Para emagrecimento em mulheres com obesidade ou controle de doenças, como diabetes e hipertensão sugiro no mínimo quatro a seis meses. As gestantes podem começar a partir da liberação médica até pouco antes do nascimento. Já para o pós-parto, o ideal é iniciar após a liberação médica e o programa pode avançar até um ano, dependendo da condição individual de cada mamãe”, ressalta Gizele.

Preços das Aulas de Personal Gestante – R$ 100 a R$ 120,00 por aula, valor, conforme o número de aulas contratadas por semana.. Em grupo, de R$ 370,00 a R$ 600,00, dependendo do local e números de vezes por semana.

O Mais Vida Gestantes já possui atendimento em São Paulo e Rio de Janeiro, além de outras cidades como Brasília, Bauru, Campinas.

Maiores informações: www.metodomaisvida.com.br/gestantes